Quinta do fundo

O Check-in pode ser feito a partir das 16h00 (hora portuguesa).
Será feito na modalidade de self check-in. Para chegar basta seguir as indicações de Quinta do Fundo em qualquer aplicação de navegação (Google maps, Waze ou outro).
Quando chegar, depois de estacionar no parque, devidamente assinalado desde a entrada na propriedade, siga as indicações de receção, assinaladas desde a saída do parque.
Dentro de uma arca de madeira aí existente encontrará um cacifo identificado com o nome da casa em que se hospedará. Basta introduzir o código para retirar a chave.
Siga as indicações do alojamento respetivo.

O check-out deverá ser feito até às 11h00. Sempre que possível e mediante solicitação prévia procuraremos disponibilizar a possibilidade de late check out até às 14h. As chaves deverão ficar na arca de madeira na receção.

Há cobertura de Wi-Fi em todos os alojamentos e nas zonas de lazer. O acesso é livre.
Nos quartos e salas existem tomadas de rede de internet e tomadas USB.

Os alojamentos dispõem de televisão com diversos canais de cabo.
Na Casa da Quinta existe uma barra de som ligada à televisão e à qual podem ser ligados equipamentos via Bluetooth (LG S75Q).

A Quinta do Fundo tem segurança privada que inclui uma ronda diária noturna e que é concluída com o fecho do portão principal de forma manual.
A qualquer momento o portão pode ser aberto de forma manual.

A Piscina está disponível a qualquer hora. A desinfeção da água é à base de sal. Os filtros funcionam automaticamente. A profundidade da piscina é de 1,20 metros na parte baixa e de 2,0 metros na parte funda.
POR FAVOR NUNCA DEIXE CRIANÇAS SOZINHAS NA PISCINA.
Estão disponíveis toalhas de piscina em cada alojamento. Há um estendal de roupa junto ao parque de estacionamento, que poderá ser utilizado para secar toalhas e roupa.

O pequeno-almoço está incluído na tarifa diária sob o regime de self-catering. Diariamente ficarão disponíveis na cozinha do alojamento os produtos necessários para um pequeno-almoço com produtos da região. O pão fresco é entregue diariamente pela manhã, por volta das 8h00. O padeiro deixa ficar o pão na zona da receção no saco identificado com o nome da Casa.

Um serviço de limpeza diário ao alojamento (excluindo cozinha) está incluído na tarifa. Aos domingos este serviço não é disponibilizado. A cada 3 dias é efetuada a mudança da roupa da cama e das toalhas. Este serviço é feito ao final da manhã pela colaboradora da Quinta, D. Graça.

Os trabalhos de manutenção da vinha e dos jardins são assegurados pelo Sr. Jorge, pelo que agradecemos a compreensão por algum incómodo que possa causar. A propriedade tem 1,6 hectares que poderá explorar livremente, com o devido cuidado. Na área de pomar poderá colher a fruta da época que esteja disponível.

Todos os compartimentos dos alojamentos são climatizados e geridos de forma automática para um ambiente de conforto otimizado. Estes podem e devem ser desligados no comando (de parede na Casa da Quinta e portátil nas Casas da Eira/Levada) quando não sejam necessários ou estejam janelas/portas abertas.

A Quinta do Fundo tem iluminação exterior gerida automaticamente. O quadro de comando destas luzes encontra-se na sala técnica do Piso 0 (ao lado da lavandaria).

A gastronomia é um dos bons argumentos que Mondim de Basto tem para oferecer. Como recomendação indicamos três restaurantes (entre outros) que costumamos frequentar com regularidade e onde, para além dos pratos tradicionais, terá sempre gente simpática e disponível para o servir. As referências são: Sete Condes, Casa do Lago e Casa da Caínha.
Aconselhamos as carnes maronesas na brasa no primeiro, os assados no segundo e o polvo no terceiro.

A vinha e, por consequência, o vinho é outro dos produtos de excelência em Mondim de Basto. Os vinhos verdes da região de Basto há muito que deixaram de ser aqueles vinhos menos reconhecidos e de menor qualidade, que até deixavam marcas da sua acidez no estômago. Atualmente o vinho verde e mais concretamente o de Basto corresponde a uma bebida exclusiva, de grande delicadeza, tendo em conta a sua leveza e complexidade de aromas. As nossas referências (entre outras) vão para a Quinta de Santa Eulália, Quinta D´Ònega, Carneiro Family e Quinta da Raza, que embora se localize em Celorico, é, dada a proximidade, quase como se fosse de cá. No primeiro aconselhamos o rótulo “Plainas” (um entrada de gama imbatível), no segundo claramente o tinto, no terceiro o “Luz” e no quarto o fantástico Azal.

Mondim de Basto tem ganho relevância e notoriedade no turismo de natureza. Como cartão de visita sobressaem as famosas Fisgas de Ermelo, as tão interessantes e refrescantes Piocas de Cima e de Baixo e o Monte Farinha (bem conhecida da Volta a Portugal). Recentemente a Câmara registou os “Caminhos das Levadas” que, à semelhança do que acontece na Madeira, são obras de enorme beleza e tranquilidade. E sendo as nossas levadas as mais antigas e as que serviram de referência não só relativamente ao seu propósito, mas também quanto à sua construção, dado que foram os mestres Mondinenses que contribuíram com o seu saber na construção das famosas Levadas da Madeira, são um ponto de referência ainda algo desconhecidas mas com enorme margem de progressão. Fazemos então referência a quatro das várias empresas que se dedicam a passeios a pé, de bicicleta, de moto-quatro e até de parapente: Pé na Terra, Por Trilhos, Vertical Dream e Clube Parapente de Basto.
Acreditem que vale bem a pena!!!

Telemóvel

(+351 ) 919 465 568

Quinta do Fundo

Vilar de Viando,
4880-212 Mondim de Basto

Google Maps